Club de
Marechal Cândido
Rondon-Guarani

PAUL PERCY HARRIS,O FUNDADOR DO ROTARY INTERNATIONAL

Paul Percy Harris nasceu em 19 de abril de 1868 em Racine, Wisconsin, nos Estados Unidos, ao norte de Chicago. Foi o segundo dos 6 filhos de George N. Harris e Cornelia Bryan Harris. Por problemas financeiros, aos dois anos foi morar, juntamente com seu irmão Cecil, então com 5 anos, com seus avós paternos Howard e Pamela Harris, na cidade de Wallingford, no Estado de Vermont, nos Estados Unidos.

Foi aí que praticamente começou o direcionamento da vida de Paul Harris, como ele mesmo recorda em suas memórias "Meu Caminho para Rotary": “ Eu tive o privilégio de viver em um lar estável, onde não faltava nada e nada era excessivo; onde os ideais eram os mais elevados e a educação era o objetivo supremo.” Esta visão em direção à educação o levou às Universidades de Iowa, onde se formou advogado e obteve o título de doutor honorário na Universidade de Vermont.

Ao receber o seu diploma, Paul decidiu que passaria cinco anos conhecendo o mundo antes de se dedicar à sua nova profissão de advogado. Foi neste tempo que trabalhou como repórter de jornal, professor de economia, ator de teatro e cowboy. Fez também inúmeras viagens pelos Estados Unidos e Europa como representante de uma companhia de mármores e granitos.

Finalmente, em 1896 decidiu advogar em Chicago. O ambiente da cidade era difícil, com muita imoralidade, Incêndios fraudulentos, e falências, melhorando em 1900 com o fechamento das casas de jogos e tavernas, com a Promulgação da Lei Federal de Falências e a segregação da prostituição. Foi advogado durante 32 anos, membro do Colégio de Advogados do Estado de Illinois, do Colégio Americano de Advogados e Presidente da Comissão de Ética Profissional do Colégio de Advogados de Chicago. Em um dia no outono de 1900, Paul P. Harris se encontrou com o advogado Bob Frank para jantar em um luxuoso bairro no norte de Chicago. Eles saíram para uma caminhada parando em algumas lojas no caminho. Harris ficou impressionado com a maneira como Frank tinha feito amizades com muitos dos vendedores.

Desde que se mudara para Chicago para abrir seu escritório de advocacia, Harris não havia encontrado a mesma Camaradagem que Frank tinha com seus colegas empresários, e naquele momento começou a pensar em como encontrar esse tipo de companheirismo que o lembrava da cidade em que ele havia crescido na Nova Inglaterra. Em 23 de fevereiro de 1905 Paul Harris, juntamente com outros três homens de negócios: Silvester Schiele, comerciante de carvão, Gustavus Loehr, engenheiro de minas e Hiram Shorey, alfaiate, reuniram-se no Edifício Unity, na N orth Deaborn Street, 127, 7º andar formando o primeiro clube. O primeiro Presidente foi Silvester Schiele. O clube recebeu o nome de “Rotary” devido ao fato de que seus sócios se reuniam em rodízio nos respectivos locais de trabalho, em um sistema de rodízio. Seu quadro associativo cresceu rapidamente. Em 1907 surgiu o primeiro projeto comunitário: a instalação do primeiro sanitário público da cidade de Chicago, localizado perto da Prefeitura.

Em 1910 foi realizada a primeira Convenção, congregando se os clubes na Associação Nacional de Rotary Clubs. Paul Harris foi eleito Presidente da Associação. Nessa Convenção, por proposição de Arthur Frederik Scheldon, professor de marketing, foi adotado o lema: “mais se beneficia quem melhor serve seus companheiros”. Paul conheceu a sua futura esposa Jean Thompson em 1910 durante um passeio organizado pelo Prairie Club of Chicago, um grupo de amadores de atividades ao ar livre que ele ajudou a formar. Paul e Jean casaram-se em julho Daquele mesmo ano e dois anos mais tarde Paul construiu uma casa com vista para o campo onde eles se encontra ram pela primeira vez. A casa recebeu o nome de Comely Bank, o mesmo nome da rua onde Jean morou em sua infância, em Edimburgo, na Escócia. Paul e Jean não tiveram filhos.

Na 2ª Convenção, em Portland, Oregon, no ano de 1911, Paulo foi reeleito, dedicando-se ao desenvolvimento e expansão. Aprovou-se a proposta de Benjamin Franklin Collins, adotando-se o lema: “Servir, porém não a si próprio. Somente 40 anos depois, na Convenção de 1950, em Detroit, Michigan, EUA, foram oficialmente designados os lemas: “Mais se beneficia quem melhor serve” e “Dar de si antes de pensar em si”. O primeiro Rotary Club fora dos Estados Unidos foi fundado em 1911 em Winnipeg, Manitoba, Canadá. Nesse ano Nasceu a “The National Rotarian” publicação precursora da revista "The Rotarian".

Na Convenção de Duluth, Minnesota, em 1912, o nome foi mudado para Associação Internacional de Rotary Clubes, e encurtado em1922 para Rotary International.

Os Harris viajaram pelo mundo promovendo Rotary, sempre reconhecido como personalidade mundial, destacada, tendo recebido inúmeras condecorações. No Brasil, em 1942, recebeu do Presidente Getúlio Vargas, a “Ordem do Cruzeiro do Sul.

Paul faleceu em Comely Bank em 27 de janeiro de 1947 com 79 anos e foi enterrado no cemitério Mount Hope, nos arredores de Blue Island, perto da sepultura de seu velho amigo Silvester Schiele. Após a morte de Paul, Jean retornou à Escócia, sua terra natal, onde faleceu em 1963, com 82 anos. Em "Meu Caminho para Rotary", Paul atribui os valores nele incutidos por seus avós e vizinhos, a base que o levou à concepção de Rotary:

O Rotary nasceu do espírito de tolerância, boa fé e serviço, qualidades Características de meus familiares e companheiros de infância na Nova Inglaterra. Tenho tentado transmitir minha fé nesses valores a outros Seres humanos, com a mesma intensidade com que ela brilha dentro de mim”.


Notícias do Clube

Rotary Guarani realiza entrega da mesas e bancos para a Escola Érico Veríssimo

No dia 27 de setembro, os companheiros do Rotary Club de Marechal Cândido Rondon Guarani fizeram a entrega de mesas e bancos para a escola Érico Veríssimo. A ação envolveu o recolhimento de lacres de latas de alumínio e tampinhas de garrafas pet, os quais a escola arrecadou para o projeto das cadeiras de roda. O presidente do Rotary Guarani, Sérgio Alexandre Mundstock, percebeu essa necessidade que a escola tinha em ter essas mesas e bancos. “Nós ficamos sabendo quando a escola Érico Veríssimo chamou o Rotary Guarani para entregar os lacres para o projeto das cadeiras de roda. Em conversa com a diretora, ela comentou que estavam precisando de mesas e bancos para o refeitório, pois estavam bem precários, muito fácil das crianças se machucarem”, comenta o presidente do Rotary Guarani. Foram entregues 5 mesas e 10 bancos para a Escola Érico Veríssimo. Todo o trabalho é fruto de uma parceria entre os companheiros do Rotary Guarani e a escola. Para a diretora do Érico Veríssimo, Giovana Patrícia Speck Toebe, destaca como essa contribuição é sempre uma grande valia. “Nós somos uma escola pública municipal, somos mantidos pela prefeitura, temos a APM (Associação de Pais e Mestres) que também contribuem através das promoções que a escola desenvolve, festa junina, rifas, por exemplo, mas as contribuições que vêm do Rotary e de outras organizações são bastante importantes para a escola”, agradece a diretora. As meses e bancos vieram para contribuir na hora da refeição das crianças, na hora do desenvolvimento de atividades, onde elas podem ir para fazer leitura, trabalhos em grupo. “Como temos um companheiro que trabalha com parte metálica, foi bem mais prático a aquisição. E com isso, quem saiu ganhando foram os alunos, os quais ajudaram a nós com a aquisição dos lacres de latinhas de alumínio, e nós os beneficiamos com as mesas e bancos para o refeitório de sua escola”, parabeniza Sérgio Mundstock. Essa ação veio agregar valores para a escola. É um benefício que ambos ganham. Mas, acima de tudo, os alunos são totalmente beneficiados.

Postado em 11 de Outubro de 2019 por

12º Oktoberfest do Rotary Guarani atrai grande público e supera expectativas

No último sábado (05), o Clube Aliança recebeu um público de 550 pessoas para a tradicional Oktoberfest, realizada pelo Rotary Club de Marechal Cândido Rondon Guarani. A festa, que contou um jantar típico alemão, foi animada pela banda Los Angeles. Para o Diretor de Projetos Humanitários, o companheiro Ademir Luis Griep, a cada edição fica mais difícil superar-se no evento, pois ele tem sido cada vez melhor. “Além de uma divulgação da cultura germânica aqui do nosso município, que nós a resgatamos, como a Oktober de Marechal Cândido Rondon que sempre foi tradicional, por exemplo, o nosso também resgatou essa mesma cultura. Há uma turma que atendeu da melhor forma possível as pessoas, os casais, que vieram ao nosso jantar. Como foi um evento beneficente, a doação é mandada para a Fundação Rotária e também para projetos dentro do município de Marechal Rondon, para algumas escolas, entidades que precisam. Os ingressos foram vendidos muito facilmente pelos companheiros. E a cada ano a procura é ainda maior, tanto por ser uma Oktober, bem como para que cada um possa estar ajudando o próximo”, diz Ademir. Para o presidente do Rotary Guarani, Sérgio Alexandre Mundstock, o sucesso do evento deve-se ao empenho de toda a equipe do clube e à generosidade dos convidados. Sérgio ressalta que não é só a confraternização entre amigos, companheiros e a população que tornam o evento importante, mas sim pelo fato de ser beneficente, já que parte dos recursos arrecadados são repassados às entidades assistenciais da cidade e à Fundação Rotária. “Esse jantar é beneficente e foi uma forma que o Rotary Guarani encontrou para arrecadar fundos e realizar projetos para a nossa comunidade. E com tudo isso, estamos conseguindo resgatar a cultura germânica, onde mais de 70% das pessoas que prestigiaram o evento foram trajadas. Estamos fortalecendo a união do nosso grupo. Temos também a agradecer os nossos cônjuges e filhos, que ajudaram muito na organização do nosso evento, desde da decoração, da venda de ingressos e também na animação do nosso baile”, pontua. Ele ainda afirma que a Oktoberfest do clube é uma das melhores da região e que promove a cultura da cidade. “Esse feedback nos é dado pelos participantes do evento, que elogiaram a culinária, a ornamentação e sobretudo a alegria e o carinho dos companheiros pela forma como receberam a todos”, afirma. Para a vice-presidenta do Guarani, Josiane de Abreu Wiedmer, o grande número de pessoas tipicamente trajadas também foi um grande diferencial. “A credibilidade está na seriedade de nosso público, já que se trata de um evento beneficente. E nosso Clube tenta primar pela qualidade do evento e o fato de ser voltado à cultura germânica que é muito forte em nossa região. E é gratificante saber que conseguimos atender bem os convidados. O resgate da cultura, os festejos, comida, bebida e a nossa ascendência germânica que temos e a aceitação da nossa comunidade, já que houve uma procura imensa pelo evento. O fato de podermos ascender a economia, pois houve um número grande de pessoas procurando o traje típico e mais tiaras e acessórios”, comenta a vice-presidente. Ademir conta que a prestação de contas dos valores que entraram e em que serão aplicados será divulgada posteriormente, após o fechamento final do evento.

Postado em 09 de Outubro de 2019 por

Em festiva, Rotary Guarani entrega reconhecimento a companheiros Paul Harris

Foi realizado no último dia 19, no Rotary Club de Marechal Cândido Rondon Guarani, uma noite festiva de posses e homenagens, onde alguns companheiros receberam o título “Paul Harris”, prêmio recebido para a pessoa que tenha doado ao menos mil dólares para a Fundação Rotária, tendo a finalidade de contribuir com fundos para o desenvolvimento de programas humanitários liderados pelo Rotary.  O Companheiro Paul Harris que fizer contribuição adicional de outros mil dólares receberá um distintivo dourado na lapela, com uma pedra azul (safira).  O reconhecimento através do título Companheiro Paul Harris serve a três propósitos: presta homenagem a uma pessoa merecedora, apoia os programas da Fundação e divulga o Rotary de maneira positiva.  Os companheiros Davi Gerson Zimmermann e Josiane De Abreu Wiedmer receberam o Título Paul Harris Safira, pois já possuíam o distintivo Paul Harris, já os companheiros Ivani Maria Hermann, Marco Luis Martini, Dione Mieko Chung, foram agraciados pelo Título Paul Harris.  O companheiro Davi Gerson Zimmermann recebeu sua Segunda Safira por contribuição de mil dólares feita pelo clube aos past presidents, e como o companheiro Davi já tinha título Paul Harris e uma Safira recebeu sua segunda safira. “É saber que minha contribuição a FR, será usada para projetos em algum lugar do mundo, beneficiando quem precisa”, agradece Davi.  A companheira Josiane De Abreu Wiedmer recebeu sua Segunda Safira. Como a companheira já possui Titulo Paul Harris e 1 Safira, foi agraciada pela Governadora Sonia, que no final da gestão 2018/2019 fez divisão das sobras e doou US$ 500 dólares em nome de todos os presidentes do distrito. Somando esta doação com a contribuição que a companheira Josiane já possuía, totalizando mil pontos, recebe neste momento sua Segunda Safira. Josiane comenta que é uma honra e orgulho poder investir na Fundação Rotária e doar ao programa Pólio Plus e estar dentre os companheiros rotarianos condecorados com Títulos Paul Harris. “Só o fato de poder receber esta comenda e por ter contribuído é uma grande satisfação, pois demonstra como é valorizado o esforço de cada rotariano, pois é tudo trabalho voluntario assim incentiva ainda mais”, comenta Josiane.  A companheira Ivani Maria Hermann recebeu o Titulo Paul Harris referente à contribuição do clube feito em nome do companheiro Davi. “Ser Rotariano é uma honra; ser Titulo Paul Harris era um sonho que tornou realidade. É um momento de muita emoção e surpresa e, com humildade, quero deixar meu muito obrigado a todos aqueles que, conosco, fazem o dia a dia, no Rotary, na comunidade e principalmente no mundo todo, agora me sinto ainda com mais responsabilidade de fazer a diferença e trabalhar para uma sociedade mais humana”, acrescenta.  O companheiro Marco Luis Martini foi agraciado com Titulo Paul Harris referente sorteio realizado na conferência. Para o companheiro Marco, receber o título Paul Harris é mais que uma honra, “é uma grande responsabilidade, pois ser rotariano é uma grande evolução pessoal, profissional e humana, já que podemos continuar trabalhando ainda mais para o Rotary”, comenta.    A companheira Dione Mieko Chung recebe o Titulo Paul Harris referente sorteio de pontos realizado pelo Rotary Club Guarani. Para Dione ser uma companheira Paul Harris é muito mais que receber um certificado e um distintivo de lapela, demonstra o quão grande o Rotary Internacional é e quanto gratificante é fazer parte da família. “Agradeço a todos por me fazer sentir tão bem vinda, e me proporcionarem a alegria de mais uma vez ser Rotariana”, gratifica a companheira.   “Ficamos muito lisonjeados e honrados nesses momentos. Cada vez que um companheiro se torna ‘Companheiro Paul Harris’, todos ganham: o Rotary, o clube e principalmente a comunidade. Isso nos alegra muito, pois beneficiam vários projetos humanitários, ajudando muitas pessoas em todo o mundo, além de ser uma noite de alegria em família”, destaca o presidente do Guarani, Sergio Mundstock. Assessoria de Comunicação Promove

Postado em 01 de Outubro de 2019 por

Reuniões Quintas-Feiras | 20:00
CASA DA AMIZADE - RUA PARANÁ,5072 Cep: 85960-000